O Laboratório de Conservação e Restauração de Escultura e Moldura, recém criado, ocupa duas salas no andar térreo do MNBA e forma, junto com os Laboratórios de Conservação e Restauração de Pintura e de Papel, os três espaços mais do que necessários a um Museu cuja coleção possui mais de dez mil itens.
Esse setor enfrenta inúmeros desafios, pois a coleção de escultura constitui-se de materiais diversos como o gesso, pedras como o mármore, terracota e metais como o bronze, entre outros.
A restauração de molduras completa o trabalho desenvolvido no Laboratório de Restauração de Pintura, pois muitas peças daquela coleção são verdadeiras obras de arte, sendo sua conservação tão prioritária quanto uma pintura, uma escultura ou um desenho.