Novidades do Museu

Bienal da Escola de Belas Artes/UFRJ no MNBA

Com inicio no dia 17 de novembro, sexta,  a Bienal, este ano inspirada pelo tema Reflexos,  comemora o bicentenário da Escola de Belas Artes/UFRJ, apresentando o melhor da produção artística em pinturas, gravuras, desenhos, colagens, esculturas, fotografias, instalações, peças gráficas, indumentária, cenografia, desenho industrial, vídeos, reunidas numa exposição coletiva com 48 obras de 39 artistas graduandos, mestrandos e doutorandos da Escola de Belas Artes.

Um edital foi lançado alguns meses antes da exposição, e as propostas foram selecionadas pela Comissão de Seleção, este ano formada por Madalena Grimaldi, Larissa Elias, Milton Machado, Ary Moraes, Maria Luiza Távora, Patrícia Corrêa, Julie Pires, Julio Sekiguchi.

A Bienal da EBA é um projeto de extensão da UFRJ que envolve todos os cursos da Escola de Belas Artes. Todos os processos da preparação deste evento envolvem estudantes da Escola:  a criação da identidade visual e a diagramação das peças gráficas foram realizadas por estudante do curso de Comunicação Visual; os textos do catálogo escritos por estudantes do curso de História da Arte; a mediação da exposição realizada por estudantes; além dos artistas expositores, cujas obras são selecionadas por uma comissão composta por docentes da Escola. 

Haverá ainda três mesas redondas com artistas e teóricos nos dias 6, 7 e 8 de dezembro, além do lançamento do catálogo, no dia 08.

As comemorações pelos 200 anos da Escola de Belas Artes seguem até fevereiro, quando a EBA será enredo da Escola de Samba São Clemente.

Serviço: 

Bienal da Escola de Belas Artes/UFRJ no MNBA

Abertura: dia 17 de novembro, sexta, às 15h

Período:  17 de novembro até 17 de dezembro

Visitação:  terça até sexta de 10h às 18h;  sábado e domingo:  de 13h às 18h.

Ingressos:  R$ 8,00 inteira, R$ 4,00 meia e ingresso família(para até 4 membros de uma mesma família) a R$ 8,00. 

Grátis aos domingos.

Museu Nacional de Belas Artes: Avenida Rio Branco, 199 – Cinelândia – tel:  3299-0600.

 

Festival de Esculturas do Rio no MNBA

escult

 

O Festival de Esculturas do Rio de 2017 terá a participação do Museu Nacional de Belas Artes/Ibram/MinC:  no dia 11 de novembro, sábado, a partir das 14h,  o MNBA abre exposição reunindo obras de 25 artistas, incluindo tanto peças do seu acervo quanto de artistas convidados, entre eles Alexandre Rangel – RJ, Ângelo Augusto Milani – SP, Anish Kapoor - India/Inglaterra, Clarisse Tarran – RJ, Duílio Sartori – RJ, Hilton Berredo-RJ,  Iole de Freitas – RJ, Marcos Cardoso – RJ, Robson Macedo – RJ e o Grupo 5inco Maria – RJ.

A relação é complementada por artistas como:  Abrahan  Palatinik -  RN,  Alexandre Rangel – RJ,  Anish Kapoor – India / Inglaterra;  Ângelo Augusto Milani – SP,  Ângelo Venosa – RJ,  Antony Gormley – Inglaterra,  Ascanio M.M.M. – Portugal / RJ,  Clarisse Tarran – RJ, Duílio Sartori – RJ,  Emanuel Araujo – BA,  Gianguido Bonfanti – RJ,  Gonçalo Ivo – RJ,  Hilton Berredo – RJ, Iole de Freitas – RJ,  Ivan Navarro – Chile,  Jorge dos Anjos – MG,  Luiz Monken – RJ,  Marcelo Lago – RJ,  Marcos Cardoso – RJ,  Marcos Coelho Benjamim – MG,  Pina Bastos – RJ e Robson Macedo – RJ.

Como explica o curador e organizador do Festival de Esculturas, Paulo Branquinho: “A idéia é crescer e criar um link entre os museus e centros culturais do Rio, tendo a escultura como elo, promovendo intercâmbios entre artistas de diferentes gerações, estilos, materiais, estados e países. Nesta exposição o visitante fará um passeio entre obras de ferro, carvão, madeira, granito, acrílico, resina, cerâmica, entre outros”.

Além do MNBA,  o Festival de Esculturas do Rio, que teve início há dois anos,  será apresentado no Centro Cultural dos Correios/RJ.

SERVIÇO:

Festival de Esculturas do Rio no MNBA

Abertura:  11 de novembro, sábado – de 14h às 18h.

Período:  12 de novembro de 2017 até  25 de fevereiro de 2018

Visitação:  terça até sexta de 10h às 18h;  sábado, domingo e feriado de 13h às 18h.

Ingressos:  R$ 8,00 inteira, R$ 4,00 meia e ingresso família(para até 4 membros de uma mesma família) a R$ 8,00. 

Grátis aos domingos.

Museu Nacional de Belas Artes: Avenida Rio Branco, 199 – Cinelândia – tel:  3299-0600.

Visite:  www.facebook.com/MNBARio

*Assessoria de imprensa do MNBA: Nelson Moreira – 32199-0638

Exposição Imagens Impressas: um Percurso Histórico pelas Gravuras da Coleção Itaú Cultural no MNBA

Exposição itinerante revela as diferentes técnicas e temáticas abordadas do século XV ao XIX, com gravuras originais de artistas como Martin Schongauer, EugèneDelacroix, Francisco Goya, Edouard Manet e Honoré-VictorienDaumier

A partir de 26 de outubro (quinta-feira), o Museu Nacional de Belas Artes recebe a exposição Imagens Impressas: um Percurso Histórico pelas Gravuras da Coleção Itaú Cultural. Com curadoria do Doutor em Arquitetura e Urbanismo Marcos Moraes, a mostra mapeia cinco séculos da produção gráfica europeia, com mais de 140 das 451 imagens impressas que compõem este acervo. São apresentadas, de forma didática, as diferentes técnicas de gravuras dos séculos XV a XIX.

Esta exposição já passou por Santos, Curitiba e Fortaleza, e fica em cartaz no Rio de Janeiro até o dia 18 de fevereiro de 2018.

O curador observa que a imagem impressa acompanha a humanidade desde os seus primórdios, e podemos remontar essa trajetória às mãos marcadas, por meio de pigmentos, nas paredes de grutas e cavernas. De acordo com Moraes, as xilogravuras produzidas a partir do século XV tiveram suas técnicas aprimoradas, incorporando inovações e desenvolvendo a linguagem gráfica. Por esse caminho, no século XIX a gravura chega à autonomia. Para abordar esse meio de criação é preciso, portanto, delimitar um escopo.

“Trata-se de um recorte representativo, pela diversidade de técnicas, temas e destinações das gravuras. Esta seleção nos permite pensar na linguagem gráfica e em outros caminhos de leitura e interesse ao longo desse fascinante empreendimento que foi a produção de imagens impressas”, afirma o curador.  A mostra propõe, assim, um percurso histórico pelas gravuras do Itaú Cultural, e se inscreve nas ações promovidas pelo instituto para garantir o acesso ao Acervo de Obras de Arte do Itaú Unibanco, que hoje conta com mais de 15 mil itens.

Entre os destaques de Imagens Impressas estão obras do artista e caricaturista francês Honoré-VictorienDaumier, como Quelleheureserencontre! – Les Amis (ca.1840), Mais pis que (s.d.), C’estbienparce (s.d.), Um ami est – Les Amis (ca. 1840), J’offrirai à monsieur (s.d.). Dele, há também o original de uma charge publicada no jornal Le Charivari, um dos principais veículos franceses no período. Chama a atenção, ainda, uma série de trabalhos de artistas mais conhecidos como pintores, como Edouard Manet, EugèneDelacroix, Francisco Goya, Henri de Toulouse-Lautrec e Rembrandt van Rijn.  A gravura mais antiga em exibição na mostra é Cristo Carregando Cruz, feita em 1475 por Martin Schongauer, um dos primeiros gravuristas de que se tem notícia. Vale ressaltar as ilustrações realizadas por Gustave Doré, no século XIX, para o livro A Divina Comédia, de Dante Alighieri.

SERVIÇO

Imagens Impressas: um Percurso Histórico pelas Gravuras da Coleção Itaú Cultural

Abertura:26 de outubro de 2017, às 18h

Período: de 27 de outubro de 2017 a 18 de fevereiro de 2018

Visitação: de terça a sexta,  das 10h às 18h. Sábados, domingos e feriados das 13h às 18h

Ingressos: R$ 8 inteira, R$ 4 meia e ingresso família (para até quatro membros de uma mesma família) R$ 8

Grátis aos domingos.

Eventos

No Calendar Events Found or Calendar not set to Public.

Obras em Destaque

image

Redenção de Cã

Modesto Brocos
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8
  • 9
  • 10
  • 11
  • 12
  • 13
  • 14
  • 15
  • 16
  • 17
  • 18
  • 19
  • 20
  • 21
  • 22
  • 23
  • 24
  • 25
  • 26
  • 27
  • 28
  • 29
  • 30
  • 31
  • 32
  • 33
  • 34
  • 35
  • 36
  • 37
  • 38
  • 39
  • 40
  • 41
  • 42
  • 43
  • 44
  • 45
  • 46
  • 47
  • 48
  • 49
  • 50
  • 51
  • 52
  • 53
  • 54
  • 55
  • 56
  • 57
  • 58
  • 59
  • 60
  • 61
  • 62
  • 63
  • 64
  • 65
  • 66
  • 67
  • 68
  • 69
  • 70
  • 71
  • 72
  • 73
  • 74
  • 75
  • 76
  • 77
  • 78
  • 79
  • 80
  • 81
  • 82
  • 83
  • 84
  • 85
  • 86
  • 87
  • 88
  • 89
  • 90
  • 91
  • 92
  • 93
  • 94
  • 95
  • 96
  • 97
  • 98
  • 99
  • 100
  • 101
  • 102
  • 103
  • 104
  • 105
  • 106
  • 107
  • 108
  • 109
  • 110
  • 111
  • 112
  • 113
  • 114
  • 115
  • 116
  • 117
  • 118
  • 119